Sarcopenia: o que é e como afeta as pessoas idosas

Tempo de leitura: 2 minutos

O termo “sarcopenia” foi criado em 1989 para nomear a perda de massa muscular associada à idade. Recentemente, a sarcopenia foi caracterizada e reconhecida como uma doença muscular pela classificação internacional de doenças. 

Ela acomete principalmente pessoas após os 50 anos, período em que acontece maior redução da quantidade e tamanho das fibras musculares, redução de hormônios e redução da atividade física. 

Cerca de 6% a 8% dos brasileiros têm sarcopenia a partir dos 60 anos e chegam até 50% após os 85 anos, independente do sexo. 

Como saber se tenho sarcopenia?

A força muscular é um dos fatores para obter o diagnóstico da sarcopenia, pois ela diminui de forma mais intensa que a massa muscular. As pessoas idosas com a doença costumam perceber os seguintes sintomas:

  • perda de equilíbrio;
  • dificuldade para caminhar;
  • aumento da fadiga muscular e fragilidade;
  • redução da independência;
  • piora do humor

O diagnóstico da sarcopenia é geralmente feito por um médico ou geriatra. São usados exames como tomografia, densitometria, ressonância magnética e ultrassom para confirmar o diagnóstico. 

Saiba como evitar e tratar a sarcopenia

A prevenção da sarcopenia é essencial para o envelhecimento saudável. Existem vários hábitos que são recomendados para o dia a dia, confira a seguir alguns deles:

  • Dieta rica em proteínas: as pessoas idosas precisam ingerir mais proteínas por serem mais vulneráveis a perdas na capacidade da função física muscular. É, então, ideal ingerir de 1 a 1,2g de proteína todos os dias. 
  • Reposição de vitamina D: essa vitamina preserva a função e força muscular, prevenindo quedas. A quantidade recomendada é de duas a três porções com vitamina D por dia.
  • Prática de exercícios físicos: exercício de resistência é o mais efetivo para o aumento da força e massa muscular. São indicadas a musculação e o Pilates para melhorar o desempenho do corpo. 

A fisioterapia como aliada no tratamento da sarcopenia

A fisioterapia é muito eficaz na reabilitação de pacientes com sarcopenia por utilizar como recurso de tratamento os exercícios físicos, como os resistidos. Eles são feitos com o levantamento de pesos e usos de faixas elásticas e servem para aumentar a força dos músculos. 

Aqui na Central da Saúde contamos com o serviço de fisioterapia à domicílio. O atendimento, individualizado e humanizado, auxilia a pessoa idosa com sarcopenia a ter uma maior independência e melhor qualidade de vida.

Acesse o site e conheça mais sobre o Home Care de Fisioterapia da Central da Saúde!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *