5 motivos para procurar um fonoaudiólogo

Tempo de leitura: 3 minutos

A fonoaudiologia atende a um campo muito maior do que as pessoas costumam imaginar. Tratando da comunicação ou da capacidade em ingerir alimentos, o profissional da área devolve aos seus pacientes qualidade de vida.

Por isso selecionamos os cinco principais motivos pelos quais você deve procurar por um fonoaudiólogo.

Dificuldades na fala

Quando uma criança começa a se comunicar, aplicando o vocabulário que aprendeu, é que notamos se existe algum problema em sua fala. Entre as dificuldades de fala mais comuns estão: língua presa, confusão com fonemas, troca de letras e gagueira.

Os problemas de fala também podem se desdobrar na leitura e na escrita. A troca de letras pode indicar distúrbios como a dislexia. Para todas estas condições, seja para crianças ou adultos, o acompanhamento com o profissional de fonoaudiologia é indispensável.

Respiração oral

Ter o costume de respirar pela boca, acordado ou dormindo, traz diversos malefícios. Além de diminuir a imunidade por inspirar ar não filtrado, o hábito causa deformações na arcada dentária e no palato. Entre outras situações, isso leva a problemas na deglutição e dicção.

Com exercícios conduzidos por um fonoaudiólogo é estabelecido um padrão respiratório que elimina paulatinamente a respiração pela boca.

Disfagia/Dificuldade em deglutir

A fonoaudiologia é fundamental no auxílio a pacientes com disfagia, que nada mais é a dificuldade em deglutir. Geralmente a condição surge pelo enfraquecimento da musculatura responsável na condução do alimento ao estômago. Este enfraquecimento pode ser consequência de alguma cirurgia, algum trauma na região da cabeça e pescoço, como também sequela de alguma doença.

Para que o alimento não siga para as vias respiratórias causando um problema ainda maior, ou simplesmente para melhorar a qualidade de vida ao devolver a capacidade do paciente em se alimentar com facilidade, o fonoaudiólogo promove exercícios de respiração e de articulação que fortalecem todos os músculos da região da boca.

Doenças comuns à terceira idade

Algumas doenças com maior incidência em idosos podem ocasionar dificuldades na fala e na deglutição de alimentos. A função da fonoaudiologia nesses casos é na melhoria da qualidade de vida, solucionando ou atenuando a adversidade trazida por doenças neuromusculares como Parkinson e Alzheimer, entre outras.

Perda da audição

Seja a perda de audição verificada ainda no recém-nascido ou adquirida ao longo da vida (com avaliações e indicação de aparelhos), a fonoaudiologia está presente para auxílio aos pacientes. 

O diagnóstico precoce da perda de audição é fundamental para o tratamento desde a infância, por isso a Triagem Auditiva Neonatal, também conhecida como Teste da Orelhinha, é muito importante. Dessa maneira, o fonoaudiólogo tem um trabalho amplo na condução da aprendizagem da Língua de Sinais, pois, assim como as línguas orais, também ocorre em pacientes surdos distúrbios de linguagem. Além disso, o papel do profissional, juntamente com uma equipe multidisciplinar, visa a melhor inserção do paciente na sociedade e no relacionamento comunicacional com a família.

Viu como é importante ter o acompanhamento de um fonoaudiólogo? E para ter um atendimento na sua própria casa, com flexibilidade de horário e no conforto da própria residência, a Central da Saúde leva até você os melhores profissionais. Não perca tempo e agende ainda hoje a sua consulta!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *