Cuidados com o paciente em recuperação de um Acidente Vascular Cerebral ou Encefálico

Tempo de leitura: 2 minutos

avc

O Acidente Vascular Cerebral ou Encefálico, também conhecido popularmente como “derrame”, é uma das doenças com maior taxa de mortalidade no Brasil, além de ter uma alta probabilidade de deixar sequelas permanentes.

No processo de recuperação dos pacientes que tiveram um AVC ou AVE é importante contar com os cuidados necessários para amenizar as sequelas e garantir maior qualidade de vida.

O que é o AVC ou AVE

Esse tipo de enfermidade acontece quando há uma interrupção ou redução drástica no suprimento de sangue que vai para a região encefálica. Isso faz com que as células não recebam oxigênio e nutrientes o suficiente para desempenhar suas funções celulares.

Há também os casos em que um vaso sanguíneo é rompido, causando uma hemorragia. Isso pode acontecer por conta de uma malformação arterial (aneurisma), hipertensão, tromboembolia, cardiopatia, entre outras condições de risco.

Podemos, ainda, separar o AVC em duas categorias:

  • Acidente vascular cerebral isquêmico: ocorre por uma obstrução ou redução brusca do fluxo sanguíneo. Ele corresponde a aproximadamente 85% dos casos de AVC.
  • Acidente vascular cerebral hemorrágico: ocorre quando o vaso sanguíneo é rompido espontaneamente, fazendo que o sangue se espalhe pelo interior do encéfalo. Esse tipo está mais ligado a situações em que a pessoa tenha hipertensão arterial.

Tratamentos possíveis para o AVC no ambiente domiciliar

Após receber os cuidados necessários para o acidente vascular cerebral em uma unidade hospitalar, pode ser necessário continuar os cuidados no ambiente domiciliar. Essa medida é adotada por cada vez mais centros médicos, evitando a contaminação hospitalar e permitindo que os pacientes se recuperem mais rapidamente ao lado de familiares e amigos.

Apenas um profissional devidamente qualificado, como um médico especialista, poderá indicar qual é a melhor forma de prosseguir os cuidados no ambiente doméstico.

Graças à plasticidade cerebral, ou seja, uma capacidade de se regenerar de acordo com o grau de dano, é possível recuperar movimentos ou habilidades perdidas por conta do AVC. Para isso, é importante que as áreas afetadas sejam estimuladas adequadamente, o que permitirá retomar as atividades diárias ainda que algumas funções estejam comprometidas.

O Home Care pode contar com profissionais especializados em fisioterapia, fonoaudiologia, entre outros. Esses cuidados no ambiente em que o paciente se sente seguro e confortável são ainda mais eficientes, trazendo maiores chances de uma recuperação mais rápida, principalmente com um trabalho que respeite uma frequência adequada.

Benefícios dos cuidados em casa

O paciente que é cuidado em casa está mais seguro contra as infecções hospitalares, além de se sentir mais confortável em seu próprio ambiente. A visita domiciliar dos profissionais da saúde oferece mais praticidade e economia de tempo, uma vez que o paciente não tem o ônus de cuidar da locomoção até uma clínica.

Conheça todas as especialidades da Central da Saúde e entre em contato para agendar uma consulta!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *