20 de março: Dia Nacional de Atenção à Disfagia

Tempo de leitura: 2 minutos

Como forma de alertar a sociedade, o dia 20 de março foi instituído como: Dia Nacional de Atenção à Disfagia. O acompanhamento do profissional de fonoaudiologia no diagnóstico e tratamento dessa condição é fundamental para a recuperação e qualidade de vida dos pacientes.

Disfagia, o que é?

A disfagia é a alteração na capacidade de deglutição que pode ocasionar quadros de desnutrição, desidratação e problemas pulmonares. Inclusive, a dificuldade de mastigar e engolir alimentos pode fazer com que a pessoa não sinta-se bem ao comer em público, levando ao isolamento que pode gerar problemas emocionais.

Sintomas 

A disfagia apresenta sérios riscos à saúde. É importante ficar atento aos sintomas para obter tratamento precoce. Os principais sintomas são:

  • Engasgos frequentes;
  • Tosses ao se alimentar;
  • Dificuldade, lentidão e dor ao engolir;
  • Alimento parado na boca ou garganta;
  • Regurgitar o alimento;
  • Desinteresse pela comida e perda de peso.

Principais causas

As causas da disfagia podem ser decorrentes de algum trauma ou doença. Alzheimer, Parkinson, paralisia cerebral, doenças neuromusculares (ex: Esclerose Lateral Amiotrófica, Distrofia Muscular), como também pacientes que sofreram AVC (Acidente Vascular Cerebral), apresentam, geralmente, casos de disfagia orofaríngea.

Já pacientes com câncer na região da cabeça e do pescoço podem apresentar disfagia orofaríngea ou esofágica, esta última também relacionada a doenças cardíacas que ocasionam disfagia pela compressão do esôfago.

Além disso, traumas na região da cabeça e do pescoço, como traumatismo craniano ou lesão na coluna cervical, podem gerar o distúrbio.

O avanço da idade também pode ocasionar mudanças na deglutição, fazendo com que idosos sejam propensos à disfagia. Esta condição é chamada de presbifagia.

Acompanhamento fonoaudiológico

A disfagia é um risco sério, pois o agravamento dos sintomas pode ocasionar uma situação que leve à morte. 

O tratamento do distúrbio é feito pelos fonoaudiólogos, responsáveis pela divulgação da campanha do “Dia Nacional de Atenção à Disfagia”. 

Os fonoaudiólogos estão habilitados para diagnosticar e tratar os pacientes por meio de orientações e práticas que permitam a reabilitação, devolvendo paulatinamente a capacidade de deglutição com segurança. 

O atendimento visa fortalecer a musculatura envolvida na ingestão por meio de exercícios, com a adaptação da dieta conforme cada fase do paciente, em consonância com o nutricionista, e na realização de manobras posturais que facilitem o consumo dos alimentos.

A Central da Saúde apoia a campanha do Dia Nacional de Atenção à Disfagia, lembrada todo dia 20 de março. Para ter acesso à profissionais de fonoaudiologia para tratamento em casa, contate-nos e agende o atendimento com especialistas em saúde domiciliar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *